quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

SANTOS magros DA CASA!
Já que estamos numa onda electro/disco/punk, nada como uma promoção merecida à terrinha natal Red River, prós amigos... Personagem bowieiggyjaggeriano (perceberam?), que vimos muito mais novo a tocar guitarra pelos cafés riotintenses, chama-se Slimmy e, obviamente, nasceu em Rio Tinto. Já anda nestas andanças da música desde 2000 e estará no Sábado na Casa da Música onde é assim apresentado "Slimmy abre as hostilidades na Sala 2. O «one man show» despertou a atenção de Saul Davies (James), que o convidou para ir a Londres gravar o seu álbum de estreia, «Beatsound Loverboy». Adepto da electrónica e com uma atitude rock, o músico portuense tem dado cartas na capital inglesa". Nem mais. A digressão continua um pouco por todo o país e só ainda não percebemos o que é que ele vai cantar no Portugal No Coração da RTP no próximo dia 15 de Março às 16.00h...Força Slimmy!

PLANETKYLIE
Não há nada como colocar palavras chave (oportunistas...) nos títulos das canções! Este duo alemão chamado Planetakis tem um novo Ep com o título "Pogo in the Shoes of Kylie Minogue". O quê? Fomos investigar... Assim, já sabemos que são alemães e acham que as suas canções "will remind you of Nena on crack crossed with Kraftwerk on vodka, ranging from sugarcandy pop to highly energetic discopunk." Sim senhor! Vamos lá experimentar! Já agora o que é "Pogo"? Segundo a artista é "the perfect combination between dancing, jumping and boxing". Já não temos idade para isto...

terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

CLÁSSICO #8
The Psychedelic Furs - Heaven
Os Pyshedelic Furs foram uma das grandes bandas do pós punk inglês, com uma carreira já iniciada em finais de 70. O teledisco negro e chuvoso condiz perfeitamente com os anos 80 a que se acescenta a vocalização anasalada de Buttler, o baixo consistente, a letra escura (there's a hole in the sky where the sun don't shine / and a clock on the wall and it counts my time). O tema está no album”Mirror Moves“ de 1984 e faz-nos lembrar instantâneamente o Bateau de Leça, o Som da Frente do António Sérgio, as cassetes e os vinis. O disco tinha outras pérolas como "Here Come Cowboys” ou “The Ghost in You”, mas era “Heaven” que noz fazia saltar do sofá... O sucesso futuro de “Pretty in Pink” haveria de fazer mossa e a banda acabaria em 1990. Saudosa também a vinda dos Furs ao Porto, num Cinema Vale Formoso a suar, apesar de não estar cheio... Não nos lembramos é em que ano: 1988, 1989?

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007


MATT ELLIOT: no Mercedes a 24 de Março
O ex-lider dos Thir Eye Foundation, grupo de sonoridade drum’n’bass, apresenta-se em nome próprio desde 2003 o que culminou com a publicação do melancólico e lindíssimo “Drinking Songs” em 2005. Em Abril desse ano teve uma óptima passagem pelo Mercedes, dose que irá repetir no próximo dia 24 de Março, certamente para apresentar o seu novo disco “Falling Songs”. Obrigatório. Deixamos o seu magnífico tema/video “Kursk” em homenagem aos que desapareceram no desastre do submarino.

CSS CANSEI DE SER SEXY: Porto out?
Não seria de estranhar! O site BodySpace e o JN de hoje anunciam que o concerto de Lisboa marcado para dia 4 de Abril no Lux já esgotou e por isso uma nova data foi acrescentada, nesta caso antecipada, para dia 3. Ora, como já foi aqui noticiado, esse era o dia programado para o concerto no Porto, na Casa da Música, o que ainda pode ser comprovado aqui. O site da Casa da Música ainda não tem a programação para Abril... Tendo em conta que dia 1 a banda toca em Helsinquia e dia 5 em Madrid, não restam mais datas. Assim, parece-nos que mais uma vez o Porto está de fora ou tudo isto é um assunto mistério!

CIBELLE
Theatro Circo, Braga, 24 de Fevereiro
A brasileira Cibelle apresentou em Braga o seu último álbum “The shine of Dried Electric Leaves”. Com a sua permanência em Londres a artista rodeou-se de produtores conceituados e convidados especias como Devendra Banhart ou Seu Jorge, construíndo um álbum consistente. Contudo ao vivo, acompanhada por três músicos, a experiência apresenta alguns altos e baixos, difícéis de nivelar. Gostamos bastante da interpretação de “London, London” de Caetano Veloso (sem Devendra...) e de “Minha neguinha” onde a voz de Cibelle se torna doce e aconchegante ou de outra cover, a de Waits “Green Grass”, com que iniciou o concerto. A bossa nova de muitos dos temas é adornada por um conjunto de electrónicas minimalistas e experimentais que nem sempre resultaram, estando na simplicidade das canções a chave para o sucesso. Alternando canções em inglês ou português, a artista foi agarrando o público com algumas histórias entre canções, poses desafiantes ou máscaras como as que o grupo utilizou durante a interpretação de “Noite de Carnaval”. Dotada de uma excelente voz que vai repartindo por dois microfones muito juntos, alcança efeitos de retorno, repetição e acompanhamento bem treinados e eficientes. Faltou, contudo, mais alguma garra, apesar da boa disposição, num concerto competente, agradável e num espaço magnífico.
Bonus: Devendra + Cibelle live

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007


MEMORABILIA #2
Cumprindo uma promessa feita ao amigo HugTheDj, aqui está uma foto do cartaz (incompleto...) do primeiro concerto mundial dos Madredeus, na altura denominados "Os Dias da Madredeus" nome do seu primeiro álbum. Vai fazer 20 anos para Novembro... O objectivo era apreciar os Sétima Legião, então uma das principais bandas portuguesas e que tinham por hábito não dar muitos concertos. O Teatro Carlos Alberto estava composto e na primeira parte uma moçoila de mãos nas ancas desata a cantar (e de que maneira) acompanhada pelo Pedro Ayres de Magalhães e restantes membros originais do grupo. Arrebatador e inesquecível! A música exigia silêncio e algumas conversas mais altas ou bocas eram logo abafadas pelos schhhhhh incomodados
e habituais. A história haveria de confrmar o brilhantismo e consistência da sua música. Orgulhosamente estivemos lá e o bilhete (que também guardamos) custou 750$00. O cartaz foi arrancado das paredes exteriores do Teatro e esteve muitos anos afixado no nossa sala de "estudo"/música/preguiçadeira. Promessa cumprida!


TÁBEEEM, TÁ!
A Griffin acaba de lançar uma capa para Ipod chamada Reflect, em policarbonato e com acabamento cromado translúcido, que que deixa o ecran do ipod escondido até ser ligado, como que surgindo do nada. Muito bonito e também resistente, mas vai custar para aí uns 30€. Há uns anos atrás, compravamos capinhas de plástico para os vinis, perpetuando ao máximo o brilho da capa ou as cores originais, agora é isto...

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007


INDELICADAMENTE!
Chamam-se The Indelicates, são ingleses, amiguinhos dos Art Brut e já dão que falar desde meados de 2006, sendo por alguns considerados uma das maiores bandas do ano. Sempre polémicos, também ajudam ao ramalhete capas como esta do single "We Hate the Kids" ou outros temas chamados "Waiting For Pete Doherty To Die"! Num misto de Pogues, Belle & Sebastian, folk e até rock-fm, a banda é um projecto de Simon, poeta e autor de musicais e Julia Indelicate, uma ex- Pippettes e fotógrafa. Proliferam letras irónicas, alguns bons rasgos e histórias para contar. Para já, editaram este single no itunes e em 7" vinil e um ep na Alemanha, mas podem ouvir e guardar alguns temas através dos mp3 disponíveis no site da banda. Já que falamos nos Art Brut, juntem os We Are Scientists e outros e deu nisto...

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007


PERRY BLAKE: mais um (novo) disco...
Editado no passado dia 20, o disco foi gravado em diversos estúdios e terá um documentário paralelo em DVD, ainda em fase de produção. Pela audição no Myspace o disco aproxima-se muito da fase "California", ou seja o seu melhor. Perry Blake tem uma forte ligação a Portugal e, segundo o Público de hoje, este novo disco terá no nosso país uma edição de 250 discos especiais (?), em colaboração com uma nova editora chamada "Transporte de Animais Vivos", com sede em VNFamalicão. Com toda a certeza, num dos auditórios do Minho, haverá apresentação ao vivo.

OLD JERUSALEM: novo álbum
O disco chame-se "The Temple Bell" e pelos três mp3 disponiveis gratuitamente no site da editora Borland, não se afasta, em nada, das tendências dos seus anteriores álbuns, isto é, música calma onde o amor ocupa quase sempre a história principal. Francisco Silva, o self made man deste projecto, reafirma-se assim como um grande contructor de canções acústicas, folk ou alt-country (seja lá o que for...), na linha de alguns contemporâneos como Iron & Wine ou até Kings of Convenience. Dia 9 de Março no Mercedes. A (tentar) não perder! (+ Borland)

TOM WAITS na Europa, já!
Via blog Não digo Nada, ficamos a saber que circula na rede uma petição reclamando a promoção de uma digressão europeia de Tom Waits. Como dá para notar, são já muitos os portugueses, que por razões óbvias, assinaram a petição. Tal como nós... Vale sempre a pena tentar. Petição

terça-feira, 20 de fevereiro de 2007


ABBA HINDI dimension!
Nesta ressaca carnavalesca, só uma partidinha deste calibre nos anima! O Abba estão no nosso Ipod, nos vinis lá de casa e nas playlists de férias, sem preconceitos. Agora na versão Hindi é que vamos ter que nos habituar... Salma e Sabina são as irmãs Agha (Abba...). Salma teve até uma carreira no
cinema depois de gravar e produzir (!) a cassete em 1981 com estas versões dos Abba. Ouçam e depois digam alguma coisa. Mamma Mia, ou será Toba Toba...


FAROL #13
Os Snowden, que tem no seu album "Anti-Anti" um caso sério de popularidade bloguista e que nesta casa foram aposta para 2007, promovem a edição de um EP de remisturas disponibilizado para venda nos seus concertos e para download gratuito via net. Potente (excelente a versão dos Fleetwood Mac)!

TEMPO...nem mais!
David Fonseca assina mensalmente no suplemento 6ª do DN uma crónica sobre música. A última, saída na passada 6ª feira, reflecte um dos principais desafios a quem ouve, partilha, consome e devora música - chama-se tempo. Na mouche!

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

A VIDA SÃO DOIS DIAS...
e o terceiro é Carnaval! Não há desculpas: com ou sem máscara, disfarce ou fatiota, à chuva ou ao frio, hoje não podem ficar em casa. Esqueçam a seriedade do dia dia... and go wild! É hoje e só para o ano há mais. Sejam magníficos ;-) Have fun!

BONECA DE CERA
Em dia de disfarces, nada como uma pequena mascarada: France Gall ficou famosa pelo tema "Poupée de Cire, Poupée de Son" cantado no Festival da Canção de 1965 como representante do Luxemburgo e que haveria de ganhar o certame. A música e letra eram, nada mais nada menos, que de Serge Gainsbourg e, muito mais tarde, os Belle & Sebastian não resistiram a cantá-la. Agora são os Arcade Fire que ao vivo em Nova Iorque não dispensam uma versãozita. Confirmem aqui...

VASCULHAR #4
LOVE – False Start
(CD, BGO Records, 1971/1991, England)
Este cd foi comprado num hipermercado pertinho de casa por 3€! Estava, como muitos outros, numa montanha de discos dentro daqueles enormes cestos metálicos, onde tudo se mistura, seja música pimba, clássica ou colectâneas de country. Somos fãs e apreciadores de Arthur Lee e Brian MacLean, a dupla por detrás dos Love. Os seus três primeiros albuns (Love, Forever Changes e Dacapo) constituem um património musical indispensável em qualquer colecção de discos ou Ipod recheado. Os Love haviam de separar-se em 1968 em ambiente de grande tensão, mas Arthur Lee rapidamente haveria de reunir uma nova versão do grupo, sendo este “False Start” o terceiro disco dessa reincarnação. Sobre o disco, tinhamos já lido “histórias” no livro de Barney Hoskins e até trocado algumas impressões (e autógrafos...) directamente com ele aquando da sua passagem pelo júri internacional da secção de videoclips do Fantasporto de 2002. Estas “histórias” apontam outra lenda: Jimy Hendrix. Lee, a trabalhar, em Londres convidou Hendrix para colaborar na gravação, surgindo assim o tema “The Everlasting First” que abre o disco, sendo esta uma das suas mais famosas colaborações. Reza a história que foram gravadas muitas outras músicas que, por questões de direitos de autor, nunca viram a luz do dia. Nada comparável à triologia inicial do grupo, este disco é, contudo, agradavelmente pop e soul e bastante surpreendente. Como não existem clips desta altura, aqui ficam os Love originais com “Message to Pretty” de 1966!

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007



Y
(R.I.P.)
Era inevitável! A remodelação do suplemento "Y" do jornal Público é uma completa desilusão. Aguardamos ansiosamente por esta sexta-feira para obter a confirmação, embora ao longo da semana as modificações tenham como que anunciado o desastre. O "Y" de sexta era um oasis gráfico e informativo, de bom gosto e actualidade irrepreensível para quem gosta de música, cinema e afins. Basta ver os prémios alcançados ao longo dos anos (aqui ficam alguns exemplos), que o tornava num produto único, original e apelativo. Numa tentativa de concentração absurda, temos agora no novo Ipsilon um exemplo de produto confuso e amorfo: mistura-se cinema, teatro, livros, arquitectura, discos, música sem sequência lógica e oportuna, tudo num concentrado incompreensível. Lemos sobre cinema no início para depois termos que procurar lá para o fim das páginas mais informações cinematográficas, o mesmo acontecendo com a música e outras rubricas, numa salgalhada mortífera. Pergunta-se porquê? Se os novos leitores merecem todo a atenção, são os fieis e dedicados adeptos que o jornal deve particularmente acarinhar e, no fundo, respeitar. Na ânsia de maiores vendas que, a longo prazo, nunca irão aparecer, por mais especialistas entrevistados que o jornal publique, ferem-se e cortam-se, de uma forma abrupta, tradições e hábitos que demoraram tempos a enraizar. Saudades vamos também ter, com toda certeza, do suplemento "Mil Folhas", outro exemplo único de promoção cultural e social que o jornal devia manter e promover. As diferenças conquistam-se e Y e os outros suplementos, marcavam essa diferença. Sobre a “Pública” de Domingo já não temos esperança... Lá vamos ter que comprar mais vezes o "El Pais" – ao menos esse não muda radicalmente. É por isso um dos melhores jornais do mundo.
MEMPHIS Canadá!
Mais uma dupla canadiana plena de boas canções trauteantes, recomendação via HugtheDj. O tema “I’ll do Whatever You Want” é a canção do mês... dá-nos asas (ver video abaixo)! O novo disco dos Memphis chama-se “A Little place in the wilderness” e é uma caixa de bombons onde consta uma musiquinha denominada “Incredibly Drunk on Wiskey”! Tendo em conta a carnavalice próxima... Confirmem tudo no Myspace.

DAFT PUNK - ELECTROMA
Já previamente apresentado em Cannes em 2006, o novo filme promovido pelo duo Daft Punk iniciará a sua apresentação pública no próximo dia 24 de Março em Paris com sessões à meia noite! Realizado por Thomas Bangatter e Guy-Manuel Homem de Christo, que assim se estreia na direcção de filmes, o guião apresenta a história de dois robots que querem ser humanos, sem diálogos e com uma banda sonora, não dos Daft Punk, mas de Todd Rundgren, Brian Eno ou Curtis Mayfield. Depois da magnífica animação "Interstella 5555", é com enorme curiosidade que esperamos ver o filme (em dvd ou ripado de algum lado, já que não acreditamos que estreie nos cinemas). Para já, aqui fica o (let's look at the) trailer! (+ fotos)

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007


3X20 FEVEREIRO
20 canções x 20 versões x 20 remixes
As eleitas são estas, mas tendo em atenção o volume de música já editado este ano, podiam ser muitas outras...

20 canções
. CARLA BRUNI & LOU REED – Those dancing days are gone
. JAMIE T - Sheila
. LONEY, DEAR – I Am John
. THE DECEMBRISTS – Sporting life
. THE SOUNDS – Painted by numbers
. SOFTLIGHTES - Girlkillsbear
. NOISETTES – Don’t give up
. MEMPHIS – I’ll do whatever you want
. THE VIEW – Wasted little Djs
. KINGS OF LEON – On call
. BLOC PARTY – Secrets
. JUNIOR BOYS – Teach how to fight
. BROKEN SOCIAL SCENE – Looks just like the sun
. CANSEI DE SER SEXY - Superafim
. LCD SOUND SYSTEM – North American scum
. FIELD MUSIC – Working to work
. MIDLAKE – Van occupanther
. PETER BJORN & JOHN – Up agains the wall
. PHOENIX – One time to many
. SONIC YOUTH – The neutral

20 versões
. KLAXONS – My love (Justin Timberlake)
. LADY SOVEREIGN – Pretty Vacant (Sex Pistols)
. TEMPERA(MENTAL) – Like eating glass (Bloc Party)
. EELS – I Could never take the place of your man (Prince)
. THE BRAVERY – An cat dubh (U2)
. GUILLEMOTS – Take me out (Franz Ferdinand)
. PAUL WELLER – Sexy sadie (The Beatles)
. CAKE – War pigs (Black Sabath)
. FINAL FANTASY - Peach Plum Pear (Joahna Newson)
. RITA LEE – All my loving (The Beatles)
. KYLIE MINOGUE – If you don’t love me (Prefab Sprout)
. XIU XIU – Fast Car (Tracy Chapman)
. PATRICK WOLF – Running up that hill (Kate Bush)
. SONIC YOUTH - I Know There's an Answer (Beach Boys)
. THE VILLAGE GREEN - Waterloo Sunset (Kinks)
. DAMIEN JURADO - Pink Moon (Nick Drake)
. NOUVELLE VAGUE - Dance with me (Lords of the New Church)
. PAUL ANKA - Lovecats (The Cure)
. BETH ORTON – Sisters of Mercy (Leonard Cohen)
. SUSANNA & THE MAGICAL ORCHESTRA – Love will tear us apart (Joy Divison)

20 Remixes
. TV ON THE RADIO - Hours (El-P Remix)
. LADYFUZZ - Bouncy Ball (Sympathy Tranny Mix by Bloc Party)
. PETER BJORN & JOHN - Let's Call It Off (Single Mix)
. EDITORS - All sparks (Phones remix)
. ZERO 7 - Somersault (Hot Chip Remix)
. GANG OF FOUR - I Love A Man In Uniform (Yeah Yeah Yeahs Remix)
. STARS - Sleep Tonight (Junior Boys Remix)
. THE TEENAGERS - Homecoming (BoNO MUST DIE Doggystyle Remix)
. LADYTRON - Weekend (James Iha remix)
. BONDE DO ROLE – Gasoline (Buraka Som Sistema dub mix)
. DAFT PUNK - Technologic (Basement Jaxx Kontrol Mixx)
. ROXY MUSIC – Same old scene (The Glimmers remix)
. HOT CHIP – Careful (Careful version)
. M. CRAFT – You are the music (playgroup remix)
. SPEKTRUM – Don’t be shy (Speakerjunk remix)
. THE KILLERS – Read my mind (Pet Shop Boys remix)
. LCD SOUND SYSTEM – North American scum (Kris Menace remixe)
. BLOC PARTY – The Prayer (Para one remix)
. FRANZ FERDINAND – I’m your villain (Lindstrom extended mix)

. TIGA – Far from home (Chickens Lips dub deluxe)

RICKIE LEE JONES - novo álbum
Motivo de culto na casa, a senhora decidiu mudar de editora e realizar um disco de música devota a Cristo, seja lá o que isto quer dizer, ou neste caso, soar. As críticas são para já contraditórias, mas estamos ansiosos pela confirmação. Para já, se quiserem, podem dar uma salto ao site oficial e ver, entre outros, a sua actuação no David Letterman do passado dia 12. Ou então perceber um bocadinho mais da produção do album no video exclusivo da Amazon americana. Uma coisa será certa - não vamos ficar indiferentes a este "The Sermon On Exposition Blvd".

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

NOISETTES
O fabuloso tema "Don't Give Up" já consta da nossa selecção 3x20 de Fevereiro a aparecer em breve. Agora, aqui fica a bomba-video. Esperamos que o radar de Miramar já os tenha "detectado"... Estes meninos andam "só" a fazer a primeira parte dos TV on The Radio. Deve ser de rebentar!
CLÁSSICO #7
Em dia de massiva, exagerada e irritante onda amorosa namoradeira, nada como um verdadeiro tesouro kitch mas bom: ABBA. Já sabem, se for preciso mandem um SMS upps, um SOS!



DEAD COMBO para o PÚBLICO
Para os mais distraídos relembra-se que o jornal Público disponibiliza online duas músicas originais dos magníficos Dead Combo durante esta semana completamente grátis. Sirvam-se!

terça-feira, 13 de fevereiro de 2007


CREAM...mas quê?
A informação é para já sucinta e nos seguintes termos:
"O festival Creamfields, que passou já por Espanha, Reino Unido, Polónia, Chile, Argentina, Brasil, Rússia, México e Irlanda, vai chegar esta ano ao nosso país.Segundo a revista Visão, o evento realiza-se a 19 de Maio, no Parque da Bela Vista, em Lisboa e conta no cartaz com o regresso dos Chemical Brothers. Além dos Chemical Brothers, a mesma publcação aponta os Basement Jaxx, Bloc Party, The Strokes e Who Made Who, como nomes prováveis do evento.O festival, que se centra na música electrónica e de fusão e segundo Nuno Carvalho, da Smart Events - a produta que organiza a versão portuguesa do Creamfields - são esperadas cerca de 30 mil de pessoas no evento, que oferece também outras actividades além dos concertos."
Mas os Bloc Party não tocam na véspera no Coliseu de Lisboa? Mas sendo um festival de música electrónica, como é que os cabeça de cartaz são os Strokes? Mas quanto é que custam os bilhetes? Mas vamos ter fim de semana na capital, blogbrothers? Mas...

STAR WARS TrêsD
Pois é, a exposição já está no Porto (Exponor, Matosinhos) e merece com toda a certeza uma visita. Entretanto, para aguçar o apetite, aqui ficam duas sugestões: as magnificas fotografias que a Visão OnLine disponibiliza e este parodiante Star Wars Rap...

DE OLHO NOS QUIOSQUES!
A revista Mojo publicou dia 24 de Janeiro uma edição clássica alusiva aos 60 anos de Bowie. Espera-se, como habitual, excelentes textos e imagens camaleónicas... Já agora, a edição de Março é dedicada aos Beatles e ao "Sgt Pepper" e inclui mais um bom disco de versões.


FAROL # 12
Em dia chuvoso, nada como esta voz de Beth Gibbons! Recordações de Sudoestes inesquecíveis a solo ou com os Portishead e também de um grande concerto no Coliseu do Porto. Aqui com Rustin Man na Alemanha. Ouçam bem o tema "Drake"...

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007


(RE)LIDO #3
Meat is Murder
Joe Pernice, Col. 33.1/3, Continuum, 2003

A colecção de pequenos livros editado pela Continuum Books constitui uma original iniciativa onde um autor é convidado a escrever sobre um álbum e banda que o gravou. A lista de livros é já extensa, estando a editora a lançar um desafio aos interessados em publicar projectos semelhantes em 2008 e 2009. Em 2005 foram recebidas 170 propostas e celebrados 21 contratos de edição! É pena o nosso inglês não ser famoso. Também não seria fácil escolher um album, mas... Sobre o presente livro, as coisas são um pouco diferentes. Joe Pernice dos Pernice Brothers, não faz nada disto, criando um livro de ficção, tal como nos alerta alías logo no ínício “If you think of the 33 1/3 serie of books as a kind of extended family(...), then my book is the black sheep: it’s fiction”.
O músico/autor aproveita, de certeza, a sua experiência pessoal, para nos contar o dia-a-dia de um estudante numa escola católica de Boston, onde o disco dos Smiths passa por ser uma obsessão, uma inspiração e até um desafio, estando os temas, títulos e letras das músicas presentes em toda a sua actividade juvenil: querer ter uma banda, uma namorada, detestar as aulas e os professores, o suicídio de alguns amigos, etc. Para quem já esteve e/ou continua apaixonado por uma banda e, essencialmente, para quem descobriu e ouviu massivamente, como nós, os Smiths na sua fase inicial (e principal) este é uma pequeno/grande história que só é pena acabar tão depressa...
COMO NÓS TE COMPREENDEMOS, JUSTIN!
Pois é, a menina Scarlett só faz estragos! O novo video de Justin Timberlake que surgiu no Itunes na sexta-feira passada, apresenta uma história em triângulo amoroso que pode muito bem ser inspirado na vida real... Juramos que nem estivemos atentos à musiquinha!

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007


CSS CANSEI DE SER SEXY no Porto!
O concerto de Lisboa (Lux) dos brasileiros CSS marcado para dia 04 de Abril será antecipado com um concerto no Porto no dia 03 na Casa da Música, como pode ser comprovado aqui. Ainda bem! Promete-se de certeza festa, boa disposição e grande som. Let's make love and listen to death from above?? Porque não...

NICK DRAKE: novo velho material
O suplemento Y adianta hoje a edição, lá para meio do ano, de um disco com material inédito e nunca antes ouvido do eterno Nick Drake. A notícia já a tinhamos lido anteriormente no sítio do costume. Para quem é fã, como nós, certamente muitas dos inéditos são já conhecidos há muito tempo, mas nada como esperar para ver. Entretanto, para quem não tem ou não conhece muito deste material escondido, nada como uma visita à casa da Luna Rosa onde estão todos os mp3 dos bootlegs editados (procurem em discografia não oficial).

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007


FESTIVAL!
Um novo festival lisboeta começa a ganhar forma. Chama-se Música & Arte e decorrerá no Passeio Marítimo de Algés entre 8 e 10 de Junho próximos. Para já, alguns nomes fortes estão confirmados: Pearl Jam, Smashing Pumpkins e Beastie Boys! A produtora é nova e chama-se
Everything Is New e é uma consequência da separação de sócios da produtora mais antiga Música no Coração. A norte, como sempre, nada de novo...

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007


FEIST: (também) NOVO DISCO
Este início do ano é de loucos no que se refere à edição de (bons) discos! Agora é a vez de
Feist. A avaliar pela magnífica capa a coisa promete. O disco chama-se "The Reminder" sai lá para finais de Abril na Europa, a que se junta uma digressão no velho continente. Cá te esperamos, Leslie! Para quem não conhece o primeiro e escondido "Monarch" editado antes do fabuloso "Let it Die" pode descarregar a totalidade das faixas no blog do fuel...

terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

LONEY, DEARest!
É irresistível! Já aqui trouxemos os suecos Loney, Dear cujo novo disco sai precisamente hoje. Agora acrescentamos este magnífico video. A onda de clips com animação naif nunca mais acaba... (espreitem os Of Montreal, Cloud Cult e Josh Rouse em HugheDj). Ainda bem!

Loney, Dear - I Am John

MÁRIO BARREIROS - O MÚSICO COM DEDO!
É apresentado hoje na Casa da Música o primeiro álbum de Mário Barreiros, baterista e produtor do Porto. Com uma notável experiência musical, o disco "Dedadas" é da responsabilidade do Sexteto de Mário Barreiros, sendo um projecto já idealizado nos anos 90, mas só agora concretizado. A este propósito, espreitem a entrevista saída hoje no Público onde são expressas as suas influências e pertinentes opiniões. Como já estamos com imensas saudades de um bom concerto de jazz clássico, que tantas vezes apreciamos no saudoso B-Flat (o original, na cave), lá estaremos... se houver tempo!
Nota: com o Público de hoje sai também o primeiro DVD da série "The Blues" de Martin Scorcese. A não perder!

DANÇA COMIGO, AGLIDOLE!
Em jeito de festa pelo dia de aniversário da mana Aglidole e em sua honra, aqui fica um video/mashup dos seus adorados Nouvelle Vague que utiliza imagens do filme de Godard de 1964 "Band à Part", precisamente o nome do album da bandinha francesa. Querida Carla: é um 3 em 1 - Nouvelle Vague, cinema francês e um convite à dança! Baisés.
Nouvelle Vague - Dance With Me (Lords of New Church)

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007


PRINCE RULES!
O maior espectáculo do mundo (!?) decorreu ontem sob uma chuva deluviana, purple rain de certeza. O Superbowl americano teve um convidado em plena forma - Prince, nem mais! Uhhhh!


FAROL # 11
O novo álbum dos nossos protegidos Kings Of Leon chamado "Because of the times" só sai lá para o início de Abril, mas o single de apresentação "On Call" já pode ser ouvido e testado no Myspace. Assim, ficamos ansiosamente à espera ao som destas grandes malhas ao vivo!

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007


AINDA DIZEM QUE NÃO SE VENDEM DISCOS!
Os The Shins (grande site!) entraram directamente para o segundo lugar do top americano de álbuns com «Wincing The Night Away», sendo responsáveis pela maior semana de vendas da história da sua editora, a Sub-Pop (120.000 discos...). Bem merecem, que o album é excelente! Reivindica-se um concerto num festival qualquer de preferência em Paredes de Coura. (WXPN radio session)
BOM KARMABIRTHDAY!
Brother Nuno, e só mais um e não custa nada... Bem podias contratar a Bjork para cantar só para nós mas a ilha deve estar geladinha. Que tal os Sugarcubes? Reuniram-se ao fim de 20 anos em Novembro passado em Reykjavik e acho que correu muito bem. Um grande karmabirthday day! Abç.

Today is a birthday

They're smoking cigars
He's got a chain of flowers
And sows a bird in her knickers
Ohhh...

Sugarcubes 2006


quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007


DEAD COMBO - HOWE GELB
Theatro Circo, Braga, 31 de Janeiro
Nesta já habitual ronda semanal pelo Minho, assistimos ontem a um concerto um pouco desiquilibrado. Dos Dead Combo nada há acrescentar ao facto de serem um grupo coerente, inovador e até único. Dos instrumentais apresentados com uma ou duas guitarras, com ajuda do contrabaixo, piano e outros instrumentos, todos resultam em cheio, sendo aqueles momentos inspirados pelo fado de Lisboa autênticas pérolas em bruto à espera de imagens em movimento, como muito bem anotou o brother HugThe Dj. As versões de Tom Waits e QOTSA são também exemplo de bom gosto e perspicácia! O duo continua em plena forma e de parabéns pela simplicidade e descontracção amadurecida demonstradas.
O mesmo não se poderá dizer do cabeça de cartaz. Howe Gelb é em disco um músico resplandescente, seja com os Giant Sand ou a solo. Do seu último e magnífico álbum de 2006 "Sno Angel Like You", onde conta com a ajuda do Praise Gospel Choir, nada cantou. Alías, muitas versões e canções inacabadas e até (mal) improvisadas não se perceberam... Demasiado (ou não) à vontade, o concerto foi muito lá de casa, nada comparável aos Giant Sand que tocaram na CDMúsica o ano passado. Transpareceu pouca preparação e notou-se uma atitude tipo deixa ver no que isto vais dar... Tendo em conta que o teatro estava quase cheio, e que muitos eram conhecedores e fãs, não se percebe a estratégia. Cansaço ou simplesmente desleixo? Vamos esperar melhores dias.

THE BEATLESMITHEREENS!
Gostamos muito de versões e dos Beatles. Quando ambos os sabores se juntam é um geladinho perfeito. Os Smithereens, banda ameriana já com muita rodagem desde os anos 80, decidiu realizar uma versão total do álbum "Meet The Beatles" (1964) dos Beatles. Do resultado final ainda não podemos falar, mas a amostra é refrescante!

CASA DA MÚSICA - BEM VINDO À CONFUSÃO!
Os programadores da Casa da Música merecem uma medalha... de latão! Transformam um evento denominado Clubbing marcado para sábado próximo 3 de Fevereiro, virando-o de pernas para o ar em 2 ou 3 dias. Deve ser da arquitectura! Assim, antes e do que consta da agenda impressa e com venda de bilhetes antecipada: Phantom Ghost, Marc Almond, Hang the Dj,@c Lia. Agora e do que consta do programa no site: Who Made Who, Jay Jay Johanson (Dj Set!) mantendo-se os restantes actos, desaparecendo Marc Almond! Até parece melhor, mas com toda a certeza não é com estes timings de promoção que a casa vai lá! Os bilhetes da Escandinávia devem ser mais baratos, ou estavam em promoção esta semana...