sexta-feira, 31 de outubro de 2014

TENHAM MEDO, TENHAM MUITO MEDO!

Festi...val!

SINGLES #33





















O conjunto era demasiado tentador para deixar este single para trás: as palavras "marathon" e "joggin" associados a um velho de pala a correr de meia branca e quase-chinelo preto com um disco debaixo do braço não merecia desprezo! A canção de um tal Mickey Jupp foi, ao que parece, hino oficial da mítica Maratona de Londres em 1982, fez parte do álbum desse ano "Some People Can Dance" (o tal que o velho carrega consigo) e é um daqueles blues de pub do sul de Inglaterra, zona onde o artista se destacou em várias bandas e escreveu para cima de 300 canções! Para nós servirá como mais uma pastilha de descontracção para que a estreia na maratona da cidade do próximo Domingo corra da melhor forma e onde iremos certamente ter muito tempo para soletrar baixinho "jogging, not walk-the-doggin" ou "jogging, I'm going to do a runner"... Ufa!


MUSEU DO AMOR, ABERTURA OFICIAL!

















Já o ano passado, aquando do primeiro sinal de vida dos Museum Of Love com o sedutor "Down South", era notória uma veia inspiradora que iria fazer mossa. Como demos nota, a junção de Pat Mahoney, ex-baterista dos LCD Soundsystem, a Dennys McNany tinha uma álbum na forja já em adiantado estado de produção e ouvindo agora o homónimo LP de estreia não será difícil atirá-lo, desde já, para a lista de discos do ano. Viciante e com aquele DFA touch sempre mágico, uma receita já etiquetada como uma efusão de Roxy Music, Arthur Russel e Salsoul Orchestra, a dupla vai passeando classe em irresistíveis sets Dj enquanto vai convidando os fãs a escrever postais para a sua Fan Club, oferecendo, de volta, um outro para rodar no gira-discos! O nosso já seguiu...    





quinta-feira, 30 de outubro de 2014

PVC - PORTO VINIL CIRCUITO #8






















Da rua de Cedofeita este é mais um exemplo de uma discoteca que se misturava com a venda de electrodomésticos tal como acontecia em muitas outras do género. A Discovisão era ainda, mais à frente e noutro estabelecimento, uma loja de móveis, estofos e decorações, um negócio de proximidade e, no fundo, complementar. Do registo que ainda hoje se pode encontrar nos directórios virtuais a firma dedicava-se à "fabricação de material fotográfico e cinematográfico" ou somente aos tais "electrodomésticos" e era propriedade de um tal Júlio Pinto & Cª Lda. Num anúncio de imprensa (?) de 1970 pode ler-se "a zona de cedofeita foi enriquecida com uma das melhores discotecas da cidade!! visite-a". Nunca lá fomos e não temos sequer nenhuma memória do local que hoje é uma vistosa imobiliária instalada num bonito prédio recentemente recuperado. No entanto, o nome Discovisão faz-nos sempre recordar esta preciosidade... 
    
Discovisão, Rua de Cedofeita, 340, Porto













Discovisão, Rua de Cedofeita, 340, Porto














quarta-feira, 29 de outubro de 2014

UAUU #228

(RE)TURNING ANTONY!





















Já lá vão oito anos desde que Antony Hegarty e os seus Johnsons se apresentaram num concerto único no palco do Theatro Circo bracarense. Estávamos em Novembro, 10, de 2006 e o espectáculo "Turning" deixava rendido o público e o próprio artista por essa Europa fora muito por culpa de uma perfeita simbiose entre a projecção de um filme dirigido pro Charles Atlas e as canções cantadas ao vivo. Nessa película fazia-se o retrato da fragilidade e identidade de 13 mulheres que se apresentaram também em palco em jeito de auto-retrato em movimento. O projecto, merecedor de unânimes elogios, terá agora uma edição em DVD e CD já em Novembro pela Rough Trade sendo a banda sonora captada na totalidade no concerto do Barbican Centre de Londres realizado em dose dupla a 4 e 5 de Novembro de 2006. Há, como se comprova abaixo, imagens da magnífica sala de Braga! 



terça-feira, 21 de outubro de 2014

UAUU #227

DAVID SYLVIAN, NOVA LUZ!





















Habituados que estamos à sua reclusão auto-induzida, é com particular satisfação que anunciamos um novo disco de David Sylvian, uma dádiva que se adivinhava pela movimentação mediática dos últimos dias. Trata-se de uma colaboração com o poeta norte-americano Franz Wright, ganhador de um Pullitzer, e que tem contributos instrumentais do guitarrista Christian Fennesz e do pianista inglês John Tilbury. Como sempre, haverá um cuidado extremo de bom gosto comandada pelo designer Chris Bigg com três versões disponíveis, contendo a de luxo um livro com poemas seleccionados de Wright a partir da obra "Kindertotenwald" (2011) e uma série de fotografias compiladas pelo próprio Sylvian retiradas de portefólios de três consagrados fotógrafos. O novo projecto recebeu o nome de "there's a light that enters houses with no other house in sight" e tem selo da casa mãe Samadhisound. Alguns excertos estão já em pré-escuta!

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

MEMÓRIAS #18














Agora que correm tempos em que os U2 até pedem desculpa e prometem concertos em pavilhões (!), recordamos a nossa investida por Alvalade para a Pop Mart Tour de 1997. Bono e companhia tinham um disco novo, o tal "Pop", que marcava o começo de uma derrocada qualitativa notória que o último disco oferta não ajuda a disfarçar, arriscando canções e atitudes descartáveis sem olhar às consequências. Da bancada pareceu-nos, contudo, que a banda tinha ainda muita garra e irreverência que o aparato visual ajudava, eficazmente, a efervescer e o concerto acabou por arrebatar facilmente os 60 mil devotos. Era uma época de causas, da guerra na Bósnia à dívida do chamado Terceiro Mundo e o conforto de Bono nestas facetas mediáticas colide hoje com alguns contrassensos  sócio políticos que não lhe retiram mérito e, acima de tudo, como alguém fez notar, um merecido respeito! Até quando é que é difícil de prever...      








quinta-feira, 16 de outubro de 2014

KEATON HENSON, LUSO CONEXÕES!

Tal e qual o ente querido Gareth Dickson, é a agora a vez de Keaton Henson recorrer ao génio português para um dos seus videos. A canção escolhida pertence a "Birthdays", um grande disco de 2013 e que tem uma surpreendente guitarrada no final a cargo de Sune Rose Wagner dos The Raveonnettes! Pois bem, coube agora a João Nuno Pinto, realizador português nascido em Moçambique mas radicado no Brasil e ao portuense Rui Poças, director de fotografia de filmes como "Tabu" ou "O Fantasma", produzirem uma maravilha visual captada em Salar do Uyuni na Bolívia em Setembro passado. Nela brilha a actriz brasileira Diana Herzog que relata em nome próprio esta experiência, certamente, inesquecível! 

Keaton Henson "Don't Swim" from João Nuno Pinto on Vimeo.

LOBO #8





















Jeff Buckley tinha morrido à quatro anos e o mito entranhara-se eternamente em muitos de nós. António Sérgio, rendido, dava conta a 20 de Julho de 2001 n' O Independente, duas semanas apenas depois do lançamento oficial, que havia um segundo disco póstumo de Buckley pronto a satisfazer a sede. Gravado ao vivo em Paris a 6 e 7 de Julho de 1995, "Live à L'Olympia" era e é Buckley vintage rodeado pela sua banda de sempre e com a sala repleta de um público francês que o músico adorava e de que guardou sempre forte carinho. Sem imagens, que a música vale por si, aqui ficam duas dessas recordações. Dream, brother!   



quarta-feira, 15 de outubro de 2014

THOMAS FEINER, MAIS UMA PÉROLA!

Estamos já habituados a estes momentos memoráveis: um dia de chuva, uma nova canção de Thomas Feiner e um arrepio leve na espinha... 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

WILCO, 20 ANOS!





















E eis que ao fim de 20 anos os Wilco se preparam para editar as primeiras compilações dos seus discos, duas por sinal. Uma, chamada "What's Your 20?", reune 20 canções ditas essenciais, uma selecção certamente difícil atendendo à qualidade do legado. A outra, bem mais ambiciosa, compreende 4 cd's ou lp's com uma infinidade de raridades de estúdio, ao vivo, rádio e televisão comentadas por Jeff Tweddy num livrinho à parte. Seja como for, está é na hora do regresso ao Porto (allô Primavera Sound 2015)!     



UIVO, A DIGRESSÃO!

Marquem na agenda: dia 19 de Novembro, quarta-feira, no Passos. 
"Que a música esteja convosco"!


quinta-feira, 9 de outubro de 2014

HIGH HIGHS, NOVO EP

Jack Midas e parceiro regressam com um lote de cinco canções que valem o seu peso em deslumbramento. Eia! 

ROCKY RACOON #10








































































Quando passam 50 anos sobre a edição do álbum e estreia do filme "Hard Day's Night", que em português recebeu a incrível tradução de "Os Quatro Cavaleiros do Após-Caplypso", data que é hoje devidamente assinalada com um programa especial na RTP2, deixamos por aqui mais uma curiosidade sobre os Beatles em Portugal. Trata-se do boletim "Linguagem Cinematográfica" da responsabilidade do Cine Clube Universitário de Lisboa que dedicou o seu nº 7 ao filme "Help/Socorro", estreado entre nós em 1965 (?), e cuja projecção o Cine Clube promoveu entre 11 e 14 de Dezembro de 1968. Para o efeito havia sessões, julgamos, em duas salas distintas - às quartas no Cinema Imperial e aos sábados no Jardim Cinema mediante condições curiosas que podem ser consultadas por aqui. No interior deste boletim reproduzem-se excertos de textos anteriormente publicados na revistas "Seara Nova", "Positif" e "Nuestro Cine" onde se fala de non-sense, exagero ou produto excessivo. Talvez por isso, este seja mesmo o nosso filme dos Beatles preferido. Era um bilhete p.f.!

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

GRANDE, GRANDE, GRANDE!



O UIVO DO LOBO!












Está já disponível no site do jornal Público o trailer do documentário "Uivo" sobre o mestre António Sérgio. Realizado ao longo do último ano por Eduardo Morais após uma bem sucedida campanha de crwodfunding, o filme tem estreia marcada para o próximo dia 1 de Novembro no Palácio Foz (Restauradores, Lisboa), data que assinala cinco anos sobre a morte do radialista e mentor. Prometidas estão outras projecções no Porto, Aveiro, Faro ou Guimarães. Ficamos ansiosamente à espera!

terça-feira, 7 de outubro de 2014

UAUU #225

FAROL #113











Sabemos que Mark Kozelek gosta de escrever canções sobre acontecimentos reais, desde um banal dia de sol até à morte de um amigo ou parente próximo. Vai daí, da polémica com os War On Drugs, ficou prometida uma canção nova e basta ouvi-la para perceber a história e a inspiração... Chama-se "War On Drugs: Suck My Cock", assim, sem contemplações e está disponível para download livre. Ficamos à espera da resposta de Adam Granduciel. Fuck

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

VASHTI BUNYAN, UM TESOURO!





















Na ressaca neo-folk de meio da década passada, figurões como Devendra Banhart ou Animal Collective pegaram em "Just a Diamond" de Vashti Bunyan e sopraram-lhe o pó. Gravado em 1970, a aventura deixou marcas negativas profundas na cantautora que só em 2005, a muito custo, regressaria às canções com um segundo álbum de nome "Lookaftering". Entre merecidos elogios e vénias, houve até uma digressão na companhia de Gareth Dickson que nos anos seguintes passou, por exemplo, pelo Lux ou Vigo (Abril 2010). Sem desculpa, nós nem nos mexemos e à medida que o tal "Lookafetring" ia fazendo efeito ao longo de meses e meses de prazerosa audição mais "chicotadas nas costas" de arrependimento nos tolhiam a alma pela não comparência. Pois bem, a ilustre artista tem um trabalho novo gravado na intimidade do lar na natalícia Edimburgo, um retorno auto controlado que pretende fechar um ciclo. O tesouro chama-se "Heartleap", é um dos grandes discos deste ano e será editado na segunda feira via FatCat Records. Diz-se que será o último! Nós, suspirando por uma oportunidade para nos redimirmos, só esperamos que um qualquer milagre a traga até bem perto... 

LOBO #7





















Em tempos de oferta de discos (U2), semi-pirataria (Thom Yorke) e confusão estratégica da indústria da música, aqui fica o contributo de António Sérgio para uma discussão, na altura, importante - o IVA sobre os discos. Marcando o seu desacordo, Sérgio publicou no Independente de 13 de Julho de 2001 um manifesto claro sobre o peso excessivo de 17% sobre os discos em comparação com os 5% dos livros, ilustrado a propósito com um desenho de Tó Trips. A posição fundamenta-se na sua participação num debate público então promovido pela cadeia FNAC. Embora a situação se tenha alterado um pouco (o IVA sobre os livros é agora de 6%) seria curioso e interessante perceber a opinião do mestre agora que a venda de discos é quase residual, o peso do imposto já vai em 23% e o mercado do vinil é uma tábua de salvação muito fina sempre prestes a partir... Quanto a taxar as pen's, os discos rígidos ou leitores de mp3, temos a certeza que António Sérgio assinaria de cruz qualquer petição contra (mais) este roubo e incongruência!

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

TNP, O FILME!













O anunciado "TNP Expanded" dos These New Puritans, que documenta uma noite histórica no Barbican de Londres em Abril passado, tem agora o pequeno filme paralelo à disposição de todos. Nele brilha a nossa Elisa Rodrigues (foto) em vários momentos - ouça-se, por exemplo, "The Light in Your Name" ali ao minuto dezasete. Encantador!  

KIZOMBADA!





















A revista Ler é, no caso português, sinónimo de imperdível. Temos todos os números desde o primeiro e a colecção, dada a redução para duas edições por ano, tem diminuído a olhos vistos. A qualidade, essa, é ainda melhor e a última de Setembro tem um dos artigos mais fantásticos que tivemos o privilégio de ler nos últimos tempos. Kalaf Epalanga, o Kalaf dos Buraca que nos habituamos a ler no Público, escreve doze páginas magníficas sobre música, Lisboa e uma ideia de um Museu da Kizomba... Junta-se uma entrevista do mestre FJViegas. Vale muito a pena!