segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

THE DODOS, Salão Brazil, Coimbra, 05 de Dezembro de 2008


Um quadro de lousa típico divulgava junto à porta a ementa do dia. Entre vitela assada e outras iguarias anunciava-se a estreia nacional dos Dodos. E que estreia! Subindo ao primeiro andar do salão, já sem as mesas do restaurante, encontramos um rústico espaço antigo, de enormes janelas e ventoinhas no tecto. O palco estreito, num dos topos, tem ao lado uma mesa de bilhar e alguns candeeiros altos. A banda vai assinando, desde logo, vinis e cd’s, aproveitando para se familiarizar com o ambiente até aí desconhecido. O público vai chegando, cada vez mais e tudo parece pronto para o convívio. Convivamos então! Os Dodos sobem ao estrado e, literalmente rodeados por um público expectante e conhecedor do disco “Visiter”, agarram-se a uma única guitarra, uma bateria e vozes afinadas. O som não é o melhor e aos músicos só quem estava na frente os conseguia ver. Mas isso, neste caso, são pormenores sem importância. A vitalidade da música, aquele fervilhar de sangue quente nas veias, típico de quem está a começar e pronto a agarrar qualquer oportunidade, proporcionou a todos, músicos incluídos, um concerto intenso e memorável. Momentos altos em “Fools” e “Red and Purple” já no encore, duas das grandes canções de 2008, entoadas pela maioria como temas velhos conhecidos. Impossível não referir o mais que perfeito acerto dos instrumentos, os crescendos rítmicos enérgicos, nos quais se juntou, algumas vezes, um terceiro parceiro na bateria e xilofone e a entrega cúmplice e suada de uma dupla com enorme garra e vivacidade. O tal convívio haveria de continuar noite dentro em frenético ritmo de dança, com os músicos na improvisada pista ao som de êxitos indie pop. Uma confraternização inesperada de novos amigos, num dos mais divertidos pós-concertos a que já assistimos e participamos! De parabéns está a organização, a associação Lugar Comum, pela cuidada e acertada escolha, uma verdadeira comissão de festas que se prepara para mais “aventuras” já no novo ano. Ainda bem, porque para comemorações informais como esta estaremos sempre prontos. Como alguém sugeriu num jornal y, quem não foi, paciência... (videos HugtheDj)

3 comentários:

o último a chegar a praia disse...

um concerto para os pés-históricos..numa grande viagem de rapina até coimbra.
all dodos friends em voos dançantes pós-concerto..
para a posterior-I-dade.

P.S
essa barba tem um looks like sean conery, granda pinta :)

Indie Songs Don't Lie disse...

Já está aqui (http://lugarcomum.pt/04_galeria/08/dodos/dodos_cronica.htm), Miguel.

Obrigado

Ricardo Mariano

JMiguel Neves disse...

Caro Nuno,
De pré-histórico só mesmo o vinho...;-) De resto tudo muito bom!

Caro Ricado,
Manda sempre... Até breve, espero!