quarta-feira, 6 de outubro de 2010

UMA NOVA PAIXÃO


















A dinamarquesa Agnes Obel tem aquele dão de cantar como os passarinhos a fazer lembrar outras "aves canoras" como Ane Brun, Joanna Newson ou a misteriosa Stina Nordenstam. Quando ontem ouvimos, de fio a pavio, o seu disco de estreia "Philarmonics" em cuja capa nos olha de frente, sem receios, ficamos hipnotizados. Nada de novo, mas os temas soam tão seguros e consistentes que é impossível não repetir a sua audição, principalmente uma versão corajosa e delicada do clássico "Close Watch" de John Cale e que se encontra em download gratuito na editora Pias. A jovem artista, actualmente a residir na Alemanha, vive um momento de ascenção meteórica que a levou a actuar na exposição de Shangai em Agosto passado, depois do tema "Just So" ter sido utilizado num spot publicitário da Telekom alemã e, também, porque três das suas canções foram usadas no mais que recomendado filme "Submarino", a nova película do dinamarquês Thomas Vinterberg. Um caso de amor à primeira audição à espera, urgente, de um encontro de olhos nos olhos. 

1 comentário:

Hug The DJ disse...

Told you so. :))