sexta-feira, 17 de outubro de 2014

MEMÓRIAS #18














Agora que correm tempos em que os U2 até pedem desculpa e prometem concertos em pavilhões (!), recordamos a nossa investida por Alvalade para a Pop Mart Tour de 1997. Bono e companhia tinham um disco novo, o tal "Pop", que marcava o começo de uma derrocada qualitativa notória que o último disco oferta não ajuda a disfarçar, arriscando canções e atitudes descartáveis sem olhar às consequências. Da bancada pareceu-nos, contudo, que a banda tinha ainda muita garra e irreverência que o aparato visual ajudava, eficazmente, a efervescer e o concerto acabou por arrebatar facilmente os 60 mil devotos. Era uma época de causas, da guerra na Bósnia à dívida do chamado Terceiro Mundo e o conforto de Bono nestas facetas mediáticas colide hoje com alguns contrassensos  sócio políticos que não lhe retiram mérito e, acima de tudo, como alguém fez notar, um merecido respeito! Até quando é que é difícil de prever...      








Sem comentários: