segunda-feira, 21 de junho de 2010

RUBY SUNS, Café Concerto, CCVila Flor, Guimarães, 19 de Junho de 2010


Não deve ter sido fácil aos Ruby Suns iniciar o concerto vimaranense. Habituados a espaços cheios e palpitantes como o Salão Brazil de Coimbra, palco que repetiram na quinta-feira passada, o panorama desolador do espaço do Café Concerto não foi, certamente, bom prenúncio. As entradas não eram caras (4€) e o adiantado da hora não serve de desculpa em noite quente e convidativa. Um fenómeno negativo sem explicação. Mas os Ruby Suns não se intimidaram e partiram para uma curta mas saborosa perfomance. O duo comandado por Ryan McPhun, que dividiu os samplers pela guitarra e até pela bateria, fez a sua festa à volta do último álbum de originais "Fight Softly", mas nem o já clássico e potente "Palmito's Park" levou os poucos aderentes a levantarem-se das cadeiras. Mesmo assim, os aplausos finais fizeram os Ruby Suns voltarem para uma versão à maneira de "Running Up that Hill" de Kate Bush, que McPhun aproveitou para ocupar a frente do palco com dança e palhaçada, no que foi secundado pelo técnico de som de serviço e um dos promotores. Se a montanha não vai a Maomé... Grande momento!

1 comentário:

gasosa disse...

aqui em coimbra o alinhamento deve ter sido muito semelhante (incluindo a versão da Kate Bush - assim como em Lisboa).
o que foi diferente foi a reacção e alegria do público.
numa sala cheia - na oficina municipal do teatro e não no salão brazil, a produção da Lugar Comum - que distribui balões coloridos à entrada e tudo, não deu outra hipótese que não fazer a festa! correu muito bem. foi mesmo uma enorme noite.
hão-de voltar. nessa altura talvez os vimaranenses estejam mais dispostos ao bailarico ;)

antónio
www.vaiumagasosa.com