terça-feira, 30 de novembro de 2010

O REGRESSO DO RAPAZ


















Sempre acompanhamos a carreira de Daman Gough, ou seja Badly Drawn Boy. Desde tempos mais mainstream do início da década, até à mais recente aventura "Is There Nothing We Can do?" inspirada no filme "The Fattest Man in Brittain" que passou na TV inglesa, temos para nós que Gough sempre foi um  grande compositor de canções. Um pouco de surpresa, foi lançado, em Outubo passado, o primeiro de uma nova triologia de álbuns de nome "It's What I'm Thinking" que teve edição na sua própria editora, a One Last Fruit. Chama-se de "Photographing Snowflakes" e o single inicial "Two Many Miracles" anuncia o regresso aos grandes temas e também, neste caso, aos grandes videos. Ouvindo o álbum na totalidade, é notório um espírito mais positivo e alegre, depois de alguns tempos menos criativos e de indecisão, provando que Damon Gough sabe, como poucos, escrever pérolas pop de elevado calibre. Prometido está já um novo single ("I Saw You Walk Way") para Janeiro. Paralelamente, foi produzido o pequeno filme "Oxidizing Hexagons", resultado de uma colaboração com o velho amigo Andy Votel e com o realizador Tom Fitzgerald, traduzida numa aventura visual arrojada sobre as canções do referido "Photographing Snowflakes". Em dia de gelo e neve, ora aqui está um bom tópico... 




Sem comentários: