segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007


VASCULHAR #4
LOVE – False Start
(CD, BGO Records, 1971/1991, England)
Este cd foi comprado num hipermercado pertinho de casa por 3€! Estava, como muitos outros, numa montanha de discos dentro daqueles enormes cestos metálicos, onde tudo se mistura, seja música pimba, clássica ou colectâneas de country. Somos fãs e apreciadores de Arthur Lee e Brian MacLean, a dupla por detrás dos Love. Os seus três primeiros albuns (Love, Forever Changes e Dacapo) constituem um património musical indispensável em qualquer colecção de discos ou Ipod recheado. Os Love haviam de separar-se em 1968 em ambiente de grande tensão, mas Arthur Lee rapidamente haveria de reunir uma nova versão do grupo, sendo este “False Start” o terceiro disco dessa reincarnação. Sobre o disco, tinhamos já lido “histórias” no livro de Barney Hoskins e até trocado algumas impressões (e autógrafos...) directamente com ele aquando da sua passagem pelo júri internacional da secção de videoclips do Fantasporto de 2002. Estas “histórias” apontam outra lenda: Jimy Hendrix. Lee, a trabalhar, em Londres convidou Hendrix para colaborar na gravação, surgindo assim o tema “The Everlasting First” que abre o disco, sendo esta uma das suas mais famosas colaborações. Reza a história que foram gravadas muitas outras músicas que, por questões de direitos de autor, nunca viram a luz do dia. Nada comparável à triologia inicial do grupo, este disco é, contudo, agradavelmente pop e soul e bastante surpreendente. Como não existem clips desta altura, aqui ficam os Love originais com “Message to Pretty” de 1966!

1 comentário:

Anónimo disse...

Cara, parabéns! Eu sou de Porto Alegre / Brasil, adoro Love! Estou correndo atrás deste CD há muito tempo. Seria demais te pedir para postar este álbum e me mandar o link? Se tiver algum álbum que esteja a fim eu posso te mandar o link também. Desde já agradeço a atenção! Obrigado. cristiano@centraldecomunicacao.net