segunda-feira, 29 de outubro de 2007


WHO MADE WHO
Indústria, Porto, 26 de Outubro
A receita é simples e dada pela própria banda! Junta-se um dj de house a quem se ensina tocar bateria, um baixista cantor vidrado em Bowie e ainda um guitarrista avantgarde de bigode tipo treinador de futebol e temos um colectivo de potência elevada ao quadrado. Ao concerto dos dinamarqueses Who Made Who na Indústria, apesar de curto, não faltou intensidade, entrega e muito suor. Casa composta e conhecedora, surpreendentemente feminina, que não parou de vibrar e cantar, principalmente nos já clássicos “Space for rent”, “Out the Door” ou “Satisfaction” já no final da festa. Inesquecível o baixo condutor que percorre todos os temas de uma forma sólida e arrebatadora, que nos faz balançar de forma expontânea e continua e ainda a simpatia e humildade de tradição nórdica de todos os músicos. Integrado nos 20 anos da Indústria, o concerto provou a aptidão do espaço para este tipo de eventos de que se espera repetição. Um senão, no entanto! Quer os bilhetes quer outro tipo de divulgação não apresentam a hora de início do espectáculo, que tanto pode começar às 23h como às 3h da madrugada o que foi o caso. Ainda bem que, durante este tempo, Paulo Furtado/Legendary Tiger Man esteve brilhante à volta dos pratos...(+ em Hugthedj)

Sem comentários: